X

Vitorioso no aniversário, Soares diz: 'Quero o caneco como presente'

Quinta, 28 de fevereiro 2013 às 14:07:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional


Depois de uma complicada vitória na estreia do ATP 500 de Acapulco, no México, o tenista Bruno Soares (Banco BMG/MRV Engenharia) projeta outro duro enfrentamento pelas quartas de final da competição. Ao lado de seu parceiro, o austríaco Alexander Peya, o brasileiro enfrenta a 17ª melhor dupla do mundo, formada pelo eslovaco Michal Mertinak e o tcheco Franisek Cermak, nesta quinta (28), às 21h (de Brasília). Um ponto positivo joga a favor do mineiro: o duelo será a reedição da final do Brasil Open, que ocorreu no dia 17 de fevereiro, em São Paulo. Na ocasião, Bruno e Peya venceram por 2 sets a 1.

"Depois de um jogo muito complicado na estreia, teremos mais uma pedreira pela frente. Serão quatro jogadores fortíssimos em quadra. Nesse torneio não tem moleza alguma. O negócio é concentrar no nosso jogo e ir para cima mais uma vez. Temos que esquecer o que já aconteceu e focar na vitória", afirma Bruno Soares.

Na noite desta quarta-feira, dia 27 de fevereiro, Bruno Soares estreou no ATP 500 e, como tem sido rotina em 2013, não decepcionou. Foi a primeira vez em que ele entrou em quadra como integrante da sétima melhor dupla do mundo, no grupo dos classificados para o ATP World Tour Finals, em Londres, que ocorrerá no fim do ano. A vitória foi conquistada de maneira suada. O mineiro e seu parceiro venceram a dupla formada pelo filipino Treat Huey e o britânico Dominic Inglot pelo placar de 2 sets a 1, fechando o jogo com parciais de 6/3, 4/6 e 10/7.

"A vitória foi bem difícil, os quatro jogadores foram muito bem. Começamos muito firmes, mas eles cresceram na partida e fizeram um belo segundo set. A principal dificuldade que enfrentamos foi o saque deles. Estavam muito eficientes no primeiro serviço, e isso nos complicou. No terceiro set fizemos um jogo muito consistente e conseguimos a vitória.", salienta o tenista mineiro, que completou 31 anos no dia da partida de estreia em Acapulco.

"Essa vitória valeu como um presente de aniversário, mas agora eu quero o caneco pra valer como o verdadeiro presente", brinca Bruno Soares, que também ocupa o 18º lugar no ranking individual de duplas da ATP.

Após o torneio disputado em Acapulco, o tenista patrocinado pelo Banco BMG e MRV Engenharia, terá duas competições de alto nível pela frente: o Masters 1000 de Indian Wells (7 de março) e de Miami (20 de março), ambos nos Estados Unidos.