X

Rogerinho perde nas duplas em Buenos Aires

Segunda, 18 de fevereiro 2013 às 20:33:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Buenos Aires

Por Ariane Ferreira - O brasileiro Rogério Dutra Silva não encontrou vida fácil no saibro de Buenos Aires. Rogerinho parou na segunda rodada do qualificatório para o também brasileiro Guilherme Clezar. Já nesta segunda, ao lado do argentino Lucas Arnold Ker, foi derrotado na estreia da chave de duplas.

A dupla formada pelo italiano Daniele Braccialli e o tcheco Lukas Doulhy bateu Arnold/Rogerinho por 6/2 0/6 e 11/9 em 1h07 de partida. Sacando mal, a parceria ítalo-tcheca cometeu seis duplas-faltas a uma da dupla argentina-tupiniquim, mas cometeu menos erros ao fim do jogo.

Arnold que está de volta ao circuito após mais de um ano parado em virtude de problemas de saúde, voltou às quadras em São Paulo, no Brasil Open na semana passada, jogando ao lado do compatriota Juan Mónaco. No saibro paulistano a dupla não passou da primeira rodada, apesar do belo e disputado jogo contra os cabeças de chave três Frantisek Cemak e Michal Mertinak, que acabaram vice-campeões no Brasl.

Para alegria do povo argentino, Lucas pareceu estar em boa forma e novamente jogou uma partida de dois sets e um super-tibreak, mas não pode sair vitorioso. Na saída de quadra o tenista argentino disse rapidamente ao Tênis News: “é muito bom estar de volta. Não é legal perder, mas estou recomeçando”.

Rogerinho e Lucas pareciam não estar tão entrosados no primeiro set, cometendo muitos erros foram quebrados duas vezes e não conseguiram converter as chances que obtiveram. No segundo set os rivais sofreram um apagão e Rogerinho e Lucas aproveitaram para fechar a parcial com um pneu.

Animados por uma boa torcida, o brasileiro e o argentino chegaram a abrir 5/2 no super-tiebrak e com Lucas sacando firme chegaram a ter 8/5 com saque dos rivais, que encostaram no placar e conseguiram uma mini-quebra para sacar no 9/6 para o paulista. Braccialli/Douhly encostaram no placar e conquistaram o mini-break para sacar para fechar o jogo em 11/9 com erro de Rogerinho e direita vencedora de Doulhy.

Na próxima rodada os algozes de Rogerinho/Lucas Arnold encaram os vencedores da partida entre a parceria dos espanhóis Pablo Andújar e Guillermo Garcia-López contra o esloveno Aljaz Bedene e o russo Andrey Kuznetsov.