X

Nadal vira duelo dramático e vai à semi do Brasil Open

Sexta, 15 de fevereiro 2013 às 22:39:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira - Rafael Nadal, número cinco do mundo, escapou por pouco de uma derrota precoce na noite desta sexta-feira e, na raça, saiu das cordas para virar sobre Carlos Berlocq e garantir vaga na semifinal do Brasil Open em São Paulo, no Ibirapuera.

Leia Mais:
Nadal destaca o valor de sua 1ª virada no retorno

O Rei do Saibro, heptacampeão de Roland Garros, derrotou o argentino Carlos Berlocq, 78º colocado, por 2 sets a 1 com parciais de 3/6 6/4 6/4 após 2h24min de duração.

No primeiro set o argentino começou a partida dedicado, salvou cinco break-points em um game de 10 minutos de duração e passou a pressionar o serviço do espanhol. No sexto, o argentino conquistou a primeira quebra de saque, que foi devolvida na sequência pelo espanhol. Berlocq ainda conquistou uma nova quebra no oitavo game de etapa e sacou para fechar o set por 6/3 dando um susto nas nove mil pessoas do ginásio por conta de um Nadal um tanto mal na movimentação.

Já na segunda parcial, o argentino pareceu perder o ritmo de jogo, após perder break-point no terceiro game da disputa. Em um set concorrido com pouco erros de muitas bolas vencedoras, os jogadores foram confirmando seus saques e tudo parecia caminhar a partida para um tiebreak, quando Berlocq vacilou no último game, cometeu erros e após muita disputa jogou um voleio na rede para perder o set por 6/4 e deixar a torcida enlouquecida.

O argentino seguiu lutando e agredindo o espanhol de Manacor na terceira etapa. Ele conseguiu uma quebra forçando o jogo no revés de Nadal, mas sentiu a pressão cometendo erros para sofrer o empate em 3/3. Nadal foi pra cima, virou o jogo e marcou 5/4. Novamente a pressão bateu na porta e Berlocq cometeu duas duplas-faltas e dois erros não-forçados sendo derrotado por 6/4. Nadal vibrou muito.

No fim da partida, o público brasileiro reverenciou a luta do argentino que foi ovacionado e aplaudido de pé.

Na partida de semifinal, Rafael encara outro argentino, o lucky-loser, Martin Alund, 111º, que venceu o italiano Filippo Volandri, 88º. Este será o primeiro jogo entre os dois.