X

Nadal e Nalbandian salvam match-points e vencem em SP

Quarta, 13 de fevereiro 2013 às 00:17:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira - A parceira queridinha da torcida em São Paulo formada pelo espanhol Rafael Nadal e o argentino David Nalbandian, sofreu mas superou os espanhois Guillermo Garcia-López e Pablo Andujar na estreia do ATP 250 de São Paulo, o Brasil Open.

Rafa e David precisaram de 1h19 para superar Andujar e Garcia-López em 6/3, 3/6 e 11/9, no super-tiebreak e com apoio de toda a torcida que lotou o ginásio do Ibirapuera. As duplas jogaram pontos plásticos e muito disputados, mas os acertos de Nadal levantavam o público.

No primeiro set Nadal e Nalba dominaram as disputas de bolas, variaram e contaram com erros não-forçados da dupla adversária para vencer seus games e chegar aos breakpoints. Com Rafa muito bem à rede, coube a David segurar "as pontas" no fundo de quadra. Muitas vezes os papéis se invertiam, para alegria do público presente.

Na segunda etapa foi a vez de Pablo e Guillermo darem seu show, mesmo com boas devoluções e disputas de pontos longos. Os espanhois controlaram o set e com duas quebras fecharam o placar.

Já no super-tiebreak os espanhois começaram bem, mas viram os rivais salvarem dois matchpoints, um deles com um winner de devolução de Nadal que levantou o público. A dupla ainda salvou um novo matchpoint em erro não-forçado de Garcia-López e sacou para fechar.

Susto em quadra - Durante a disputa do super-tiebreak, Rafael foi defender uma bola vencedora de Garcia-López e ao errar o movimento das pernas caiu, assustando aos fãs. Entretanto, o natural de Manacor se levantou e seguiu jogando.

O jogo foi o primeiro de Nadal no Brasil após oito anos. Ele e Nalbandian voltam à quadra na noite desta quarta para duelo contra Horacio Zeballos e o austríaco Olivier Marach nas quartas de duplas. A estreia em simples será na quinta diante de João Souza, o Feijão, ou o espanhol Ruben Hidalgo.