X

Federer quer que tênis adote passaporte biológico

Segunda, 11 de fevereiro 2013 às 21:40:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O ex-líder do ranking mundial, Roger Federer reiterou a necessidade da criação de um passaporte biológico para os tenistas e desta forma facilitar a identificação de caso de doping no circuito masculino. O suíço cobrou financiamento para a realização dos testes.

“O passaporte biológico será necessário para identificar algumas substâncias que não pdoem ser identificadas na hora”, disse Federer em Roterdã. “Mas também tem que que ter mais testes de sangue e controle fora da competição”, sugeriu.

"Eu não fiz testes de sangue no Australian Open e disse as pessoas responsáveis lá de que era uma grande surpresa pra mim”, relatou o vencedor de 17 títulos do Grand Slam.

Roger acredita que é necessário maior investimento para a realização dos testes: "Mas será necessário financiar o maior número de testes possíveis e os torneios do Grand Slam deveriam ajudar a financiar isso porque é do interesse deles também ter um esporte limpo e com credibilidade”, finalizou.