X

Bellucci treina no Ibirapuera e pensa em duelo contra Nadal

Sexta, 08 de fevereiro 2013 às 18:07:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A cidade de São Paulo já vive a expectativa de receber grandes nomes do tênis mundial para o maior torneio disputado no país, o Brasil Open 2013, que acontece de 11 a 17 de fevereiro, no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães.

As partidas do qualifying têm início na manhã deste sábado, a partir das 10h, e o sorteio da chave principal está marcado para meio-dia, na sala de coletiva do evento e é aberto à imprensa.

Enquanto tenistas como Rafael Nadal, Nicolas Almagro e Juan Monaco ainda não chegaram à capital paulista, os brasileiros Thomaz Bellucci, Ricardo Mello e Marcelo Melo já treinam no Ginásio do Ibirapuera e nas quadras do Círculo Militar.

Atual número 35 da ATP, Bellucci acredita que esta é a edição mais forte do Brasil Open a partir dos nomes na chave principal. Como o paulista não está entre os quatro principais inscritos, não sairá adiantado na chave. Porém, ele destaca o lado positivo em estrear antes no torneio. "É bom fazer um pouco mais de jogos. Acho que eu não jogo no saibro desde julho do ano passado, vai ser bom para pegar ritmo e começar bem a temporada de saibro".

Depois de mais de sete meses afastado do circuito, Nadal voltou a disputar um torneio nesta semana, no Chile, e será a principal atração em São Paulo. Bellucci não poupa elogios ao espanhol e já pensa em um possível duelo contra o ex-número 1 do mundo, campeão do Brasil Open em 2005, na Costa do Sauípe.

"Acho que o Nadal chama muito público e só o nome dele já traz muitas coisas boas para o tênis. Poder jogar contra ele aqui vai ser muito legal", diz Bellucci.

O número 1 do país ainda destaca a atuação na última semana contra os Estados Unidos pela Copa Davis, em que derrotou John Isner em cinco sets, para seguir evoluindo na temporada. "Não comecei o ano jogando muito bem, então é bom vir de um jogo como o que fiz contra o Isner. Independentemente da derrota, toda a equipe fez bons jogos e eles eram os favoritos mesmo, mas foi um bom confronto".

Mello joga para curtir despedida

Três vezes semifinalista do Brasil Open, o campineiro Ricardo Mello fará sua despedida do tênis profissional nesta semana. Ex-número 50 do mundo, o canhoto quer aproveitar o último torneio e convoca a torcida para apoiar os brasileiros no Ginásio do Ibirapuera.

"Não tenho expectativa quanto a resultado. É o meu último torneio, quero aproveitar muito os treinos até a minha estreia, curtir o momento em quadra e se ganhar a primeira vai ser melhor. Espero que o pessoal venha para dar uma ajuda para os brasileiros".

Em 2005, Mello parou na semifinal diante de Nadal, depois de ter vencido o primeiro set. Apesar de ter feito grandes exibições no Brasil Open, o paulista não guarda um jogo em especial como principal lembrança, mas todas suas participações no torneio.

"Joguei praticamente todas as edições e tive bons resultados, desde quando era em quadra rápida no Sauípe, depois no saibro e no ano passado aqui em São Paulo. Tenho boas lembranças e um carinho especial por este torneio. Mesmo depois que eu parar, não quero ficar longe daqui".

BRASIL OPEN 2013
Quando: 9 a 17 de fevereiro
Onde:
Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães (Ginásio do Ibirapuera e Ginásio Mauro Pinheiro) Rua: Manoel da Nóbrega, 1.361 - Paraíso - São Paulo

Jogos:
Dias 9 e 10 - qualifying, que define as últimas quatro vagas para a chave principal (entrada gratuita)
Horários dos jogos:
(sujeito à alteração pela organização do torneio, de acordo com a grade da televisão)