X

Bellucci vence batalha na raça contra Isner e empata confronto

Domingo, 03 de fevereiro 2013 às 18:45:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Thomaz Bellucci, número 1 do Brasil e 36º do mundo, afiou as garras, superou situações delicadas e com muita garra derrubou o grandalhão John Isner, de 2,06m, número 16 do mundo, para empatar o confronto diante dos Estados Unidos por 2 a 2 na Copa Davis.

Leia Mais:
Isner destaca mental para derrota e repudia torcida brasileira
Bellucci destaca superação para virada sobre Isner

O paulista de Tietê precisou de 3h29min para bater o melhor tenista americano, que já bateu Roger Federer e Jo Tsonga nesta competição, por 3 sets a 2 de virada com parciais de 2/6 6/4 6/7 (9/7) 6/4 6/3 em duelo realizado no piso rápido e coberto de Jacksonville, na Flórida.

Bellucci conseguiu sua terceira vitória em cinco jogos no quinto set desta competição e sua 14ª vitória em 22 partidas.

Ainda hoje, Thiago Alves, 141º, enfrenta Sam Querrey, 20º, no quinto e decisivo jogo do confronto valendo uma vaga nas quartas do Grupo Mundial. O Brasil não joga a primeira divisão desde 2003.

Nos dois jogos de sexta, Bellucci perdeu para Querrey por 3 sets a 0 e Alves caiu para Isner pelo mesmo placar. No sábado, Marcelo Melo e Bruno Soares superaram em cinco sets os irmãos Bob e Mike Bryan.

O jogo

Na primeira etapa Bellucci começou mal com erros ao ser quebrado, mas tentou buscar o resultado. Ele teve várias chances de devolver a quebra. Numa delas aplicou ótima devolução na linha, mas o juiz marcou fora. Thomaz pediu desafio, acertou, mas o ponto voltou por que Isner havia tocado na bola. A dúvida gerou muita reclamação e revolta de Thomaz e do time brasileiro. O jogo seguiu, Isner salvou todas as chances e aproveitou outra com erro de revés quebrando para fechar o set por 6/2 em 33 minutos.

Na segunda etapa Bellucci começou confirmando e conseguiu, com ótima devolução, uma quebra no terceiro game abrindo 3/1. Com o placar a favor ele foi jogando confiante no fundo e até se arriscando indo bem à rede. Thomaz se manteve firme até o final até fechar com ace por 6/4 em 34 minutos.

Na terceira etapa Bellucci teve uma chance de quebra logo no início, mas Isner se safou com o saque. O americano e o brasileiro serviram bem e jogaram firmes ao longo de todo o set. O brasileiro salvou um 0/30 importante e com um ace salvou um set-point no 12º game. No tie-break Thomaz fez 5 a 4 e saque, Isner igualou e no set-point contra aplicou um bate-pronto improvável, no fundo, forçando o erro do brasileiro. Isner depois fez um winner de direita e com petardo fechou por 7/6 (9/7) após 58 minutos.

No quarto set Isner se mostrou muito confiante no serviço e não perdeu nenhum ponto de saque até o 4/5. Bellucci foi se mantendo com alguma dificuldade na parcial e foi pra cima no último game para fechar o set no terceiro set-point após erro de direita de Isner. 6/4 pro brasileiro que vibrou muito com o empate.

No set final Bellucci se mostrou firme mentalmente. Ficou com break abaixo no primeiro game após erro de smash, mas se salvou e foi lidando com 0/30 e 15/30. No oitavo game porém ele pressionou Isner, obteve um 15/40 bem salvo pelo americano e desperdiçou cinco chances quase sempre com potentes serviços. Até que na sexta chance um erro de slice do rival deu a sonhada quebra. Bastou controlar o serviço para a vitória vir por 6/3 e muita vibração da equipe.