X

Alves lamenta chances perdidas, mas confia em virada

Sexta, 01 de fevereiro 2013 às 21:34:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Faltou pouco para Thiago Alves, número dois do Brasil no confronto e 141º do mundo, beliscar um set e até sonhar com uma vitória diante do gigante John Isner, 16º do mundo e tenista de 2,06m. Mas o brasileiro foi derrotado por 6/3 7/6 (7/4) 6/3 nesta sexta-feira.

Foto: Marcelo Ruschel / POA Press

Alves chegou a ter três set-points na segunda etapa, mas Isner salvou todos com aces e acabou vencendo tie-break decisivo no jogo. O americano fez 32 aces na partida.

"Estava esperando por essas oportundiades, cheguei até elas, mas fica difícil assim. O João (Zwetsch), capitão da equipe, tentou me ajudar na maneira como ele tava sacando, os ângulos e até tentei advinhar, mas não dá pra tirar o saque da mão dele. Com a força que ele consegue fazer e os ângulos, é difícil vencê-lo", lamentou o brasileiro.

Com a derrota de Thomaz Bellucci, 36º, por 6/3 6/4 6/4 para Sam Querrey, 20º, a situação do time canarinho ficou complicada tendo que vencer todos os próximos três jogos do confronto contra os Estados Unidos em Jacksonville, na Flórida. Mas Thiago ainda está otimista. Parte dele é depositado em nossa dupla, Marcelo Melo e Bruno Soares, que enfrenta os irmãos Bob e Mike Bryan neste sábado. Os dois já os derrotaram em duas oportunidades de três jogos.

"Nós temos muita convicção que Bruno e Marcelo têm capacidade de vencer. Os irmãos Bryans são uma grande dupla, mas há também esse retrospecto de duas vitórias deles contra a melhor dupla do mundo. As condições estão legais), a quadra está boa, me senti bem nela. Vamos reverter esse placar".

Numa eventual vitória na dupla, o time brasileiro teria que ganhar os outros dois jogos, com Thomaz Bellucci batendo John Isner e Alves superando Sam Querrey.