X

Djokovic é 2º em aproveitamento de sets decisivos

Segunda, 09 de abril 2012 às 11:00:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O site da ATP fez uma análise com profundidade de como os tenistas se comportam nos sets decisivos. No balanço ficou comprovado que o sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, só perde para o ex-jogador Bjorn Borg, quando o assunto é finalizar uma partida.

O sistema utilizado foi o FedEx ATP, que permitiu uma análise mais profunda de todos os registros de tenistas e ex-tenistas. Contribuíram para a pesquisa alguns dos mais renomeados atletas que já passarem pelo mundo do tênis.

Para a maioria, a força mental de um jogador determina o resultado das partidas, como a autoconfiança nos momentos de decisões da partida. Em última instância, quando a tensão é alta, e os erros podem custar caro, foram analisados a frieza dos atletas.

Atual número um do mundo, Novak Djokovic, é o líder entre os jogadores ainda em atividade com um registro de 82 vitórias e 35 derrotas (70,1%), mas Bjorn Borg é o maior vencedor de sets decisivos da história, desde 1973 quando o sueco compilou uma marca de 123-39 (75,9%)

Jimmy Connors aparece na terceira colocação com um registro de 229-99 (69,8%) em sets decisivos, seguido por Rafael Nadal 96-43 (69,1%), John McEnroe 161-73 (68,8%), Pete Sampras 188-88 (68,1%), John Newcombe 94-44 (68,1%) e Andy Murray 81-38 (68,1%). Curiosamente, Roger Federer, um dos maiores tenistas de todos os tempos, é “apenas” o 31° colocado com um recorde de 147-84 (63,6%).