X

Blumenau espera grande público para challenger

Terça, 03 de abril 2012 às 18:54:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Considerado um dos mais bonitos clubes para a prática de tênis do Sul do Brasil, o Tabajara Tênis Clube está com todos os detalhes preparados para sediar mais uma edição do Aberto de Tênis de Santa Catarina. De acordo com o Gerente Administrativo Marcelo Rubineck Pereira, a expectativa é muito positiva com relação à presença do público ao longo de todo o torneio, e especialmente nos finais de semana do qualifying e da decisão, quando centenas de pessoas costumam prestigiar a competição em Blumenau.

"Já estamos divulgando o evento junto aos associados e à comunidade em geral, através da nossa revista e do nosso site. Estamos cuidando de todos os detalhes para que tudo aconteça dentro do esperado, com ótimos jogos e uma bela participação do público", explica Marcelo. Desde o ano passado o Tabajara Tênis Clube conta também com uma quadra coberta, proporcionando maior segurança para o andamento normal da competição, mesmo em condições climáticas adversas. "Na edição anterior não foi preciso usar a quadra coberta. Mas ela está ali, pronta, em caso de qualquer necessidade", complementa Marcelo.

A sétima edição do Aberto de Tênis de Santa Catarina terá o qualifying realizado no próximo final de semana, dias 7 e 8, com a chave principal começando na segunda-feira, dia 9. O torneio Challenger oferece premiação total de US$ 35 mil, mas conta pontos como um evento de US$ 50 mil por oferecer hospedagem aos tenistas da chave principal. Válido pelo ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), o torneio conta com inscritos de 22 países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Bósnia Herzegovina, Brasil, Chile, Croácia, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Estados Unidos, Itália, Polônia, Portugal, República Tcheca, Rússia, Sérvia, Suíça e Uruguai. Entre os brasileiros, já estão garantidos na chave principal os tenistas Rogério Silva, Júlio Silva, Thiago Alves, Guilherme Clezar, Ricardo Hocevar e André Ghem.