X

'Não tenho obrigação maior por ser o número um', ressalta Ferrer

Terça, 03 de abril 2012 às 12:11:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O espanhol David Ferrer, número cinco do mundo, volta a disputar um jogo de Copa Davis, após pedir dispensa na primeira rodada contra Cazaquistão. O número um da Espanha para este confronto rechaçou qualquer favoritismo de seu país contra a Áustria, no duelo que acontece entre os 06 e 08 de abril.

“Não tenho uma obrigação maior por ser o número um. Cada jogador tenha a sua responsabilidade. Se não ganho minhas partidas, tem outros tenistas muito bons que levar a eliminatória adiante. O que quero deixar claro é que precisa haver união entre nós cinco, mais o capitão, para ganharmos”, disse Ferrer.

Ferrer tratou de minimizar qualquer tipo de favoritismo para o lado espanhol. “Vai ser um confronto muito difícil. Por mais que joguemos em casa, tudo pode mudar dentro da quadra. Jurgen Melzer é um grande jogador que já ganhou de mim e de Nico (Nicolas Almagro). Nas duplas, por exemplo, estão entre os melhores do mundo. Sem dúvida não será uma eliminatória fácil”, afirmou.