X

'Infelizmente não era o nosso dia', lamenta Sá

Domingo, 19 de fevereiro 2012 às 16:18:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Diego Diegues O mineiro André Sá, terceiro melhor duplista do país, compareceu a coletiva de imprensa esbanjando simpatia, mesmo com a derrota na final de duplas para o seu amigo e conterrâneo Bruno Soares. Na oportunidade o brasileiro não cansou de elogiar o rival deste domingo.

“Jogamos bem desde o começo, com um nível realmente de campeão. Mas infelizmente não era nosso dia”, lamentou André Sá. O mineiro afirmou que a partida foi decidida nos detalhes. “Dominamos a partida, e mesmo com eles estando atrás o jogo inteiro não desistiram e conseguiram nos vencer com uma quebra no 2° set e um mini break no super tie-break. Mérito total deles”, ressaltou.

André Sá analisou o jogo da seguinte maneira. “Jogamos bem uma hora e meia e eles 30 minutos. Mas assim é o tênis. Parabéns para eles”, contou. O bom nível apresentado pelo brasileiro no Aberto do Brasil faz o experiente tenista de 34 anos não pensar em disputar Challengers neste ano. “É muito mais motivador você jogar torneios ATP do que Challengers, por isso espero não jogar esses torneios esse ano”, brincou.