X

O dia que o Ibirapuera virou literalmente um estádio de futebol

Sábado, 18 de fevereiro 2012 às 17:05:34 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Diego Diegues Essa sexta-feira à noite o Ginásio do Ibirapuera virou literalmente um campo de futebol. O brasileiro Thomaz Bellucci enfrentava o argentino Leonardo Mayer. No que era para ser apenas um confronto de tênis, virou uma grande rivalidade entre Brasil e Argentina. Confira o blog: O dia que o Ibirapuera virou literalmente um estádio de futebol

O jogo caminhava bem, com a torcida se comportando. Porém no 2° set após alguns gestos de Bellucci para o árbitro, insinuando que o argentino estava demorando muito para sacar, o Ibirapuera começou a hostilizar Leonardo Mayer.

Cada saque, cada ponto era uma verdadeira festa. O argentino que vinha fazendo uma partida brilhante, literalmente saiu do jogo e começou a ficar extremamente irritado com a torcida brasileira. No final Bellucci ganhou a segunda parcial por 6/2.

No 3° set o Ibirapuera estava inflamado, com direito a "ola", gritos e até música. Porém Bellucci tratou de jogar um balde de água fria na torcida brasileira, após perder o seu serviço logo no 1° game. A torcida por sua vez não desistia e continuava a perturbar o argentino. Nem o juiz da partida estava conseguindo controlar o ímpeto dos brasileiros. No final o argentino sacava em 5/4 e as chances ficaram reduzidas quando ele inicia o game com um ace.

A partir desse momento a torcida brasileira entrou em cena mais uma vez. Vaias, gritos, ofensas. O Ibirapuera já tinha se tornado o "Ibirapuerão". A rivalidade Brasil e Argentina já tinha invadido as linhas da quadra de tenis. Mayer nitidamente desconcentrado entrou no jogo da torcida brasileira e aconteceu o que todo mundo esperava. Quebra de saque ...

5/5 Bellucci começa o game com um 00/30. De forma espetacular o brasileiro reage e jogo toda pressão de quase 8 mil torcedores para cima do argentino. No game seguinte mais vaias, olas, musicas, ofensas e tudo o que o brasileiro está acostumado, pelo menos em um campo de futebol, não em uma quadra de tênis.

Atordoado Mayer comete duas duplas falta no game decisivo e praticamente entrega o jogo para Bellucci. O feito levou o Ibirapuera "abaixo", literalmente. O argentino completamente nervoso com tudo o que aconteceu mal comprimenta Bellucci. Na saída de quadra Mayer é hostilizado mais uma vez, inclusive tendo que sair escoltado do ginásio.

Esse episódio deixou uma coisa muita clara. O povo brasileiro não está acostumado com o tênis. A partida entre Bellucci x Mayer colocou frente a frente o duelo Brasil x Argentina do futebol e não do tênis. Mayer saiu nervoso de quadra com toda razão.

O povo brasileiro tem que entender que o tênis não é o futebol. O tênis é um esporte de respeito e que não se deve aplaudir quando o adversário erra, principalmente entre um saque e outro. Mas por outro lado, o episódio de ontem mostrou que a mudança do Brasil Open para São Paulo foi certo. Nunca que na Costa do Sauípe um público desse iria comparecer e prestigiar tanto assim um brasileiro.

Mas tirando a falta de educação do povo brasileiro, a emoção vivida por mim e pela maioria das pessoas que lá estavam presentes foi única. Realmente foi de arrepiar. Um dos melhores momentos que já presenciei na minha vida. Sem dúvida essa sexta-feira (18) foi o dia em que o Ibirapuera virou literalmente um estádio de futebol.