X

Capitão do Brasil teme evolução da Colômbia para Copa Davis

Segunda, 13 de fevereiro 2012 às 16:46:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Diego Diegues - Capitão do Brasil na Copa Davis, João Zwetsch, deu nessa segunda-feira a tarde uma entrevista exclusiva ao site Tenis News. No bate-papo ele fala sobre o adversário do Brasil na competição, os possíveis convocados, assim como as chances de vitória.

Zwetsch afirma que o time colombiano é melhor dos últimos 15 anos. “A Colômbia está com uma equipe muito forte. Eles possuem dois simplistas (Giraldo e Falla) entre o top 100 e dois duplistas (Farah e Cabal) que tem disputado bons campeonatos, inclusive ganhando jogos de Grand Slams”, disse.

Os dois simplistas que o treinador brasileiro se referiu foram Alejandro Falla, número 59 do mundo e Santiago Giraldo, 65° colocado. Já nas duplas o perigo está em torno de Juan-Sebastian Cabal (24° do ranking de duplas). Para enfrentar o time brasileiro, a Colômbia teve que derrotar o Equador nos playoffs do Zonal Americano.

E por falar em duplas, João Zwetsch confirmou a presença do mineiro Bruno Soares para o confronto diante da Colombia. Com isso André Sá e Marcelo Mello brigam pela outra vaga. “O Bruno com certeza joga. Nos próximos dias eu e a comissão técnica brasileira iremos definir a melhor opção para o confronto”, conta.

“Como todos sabem será um confronto muito difícil. Porém estamos com a vantagem de atuar em casa, com a presença de nosso torcedor”, afirmou Zwetsch. Para o capitão da Davis em um duelo decisivo como esse, cada escolha é importante. “Temos que escolher as melhores condições de jogo para os nossos atletas, ou seja, o melhor local, a melhor quadra, a melhor temperatura, até a melhor bolinha”, destacou.

Por fim Zwetsch falou da primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis, em especial da surpreendente vitória dos Estados Unidos diante da Suíça. “Por estar atuando em casa e ainda por cima com Roger Federer, realmente a maior surpresa da rodada foi a eliminação da Suíça para os Estados Unidos”, finalizou.