X

Saretta entra em Gstaad e Stuttgart. Alves e Mello jogam ATP de Indianápolis

Quinta, 08 de junho 2006 às 09:40:00 AMT

Link Curto:

Flavio Saretta Copa 2

Por Ricardo Alencar

Os brasileiros receberam boas noticias nesta quinta. Uma é que o paulista Flávio Saretta (89) vai disputar dois ATPs, ambos na chave principal. As competições serão em duas semanas seguidas e no saibro. A primeira em Gstaad (Suíça) entre os dias 10 e 16 de julho com premiação de 400 mil euros. Em seguida, Stuttgart, que tem Rafael Nadal como atual campeão e oferece, 590 mil euros. A outra boa nova é que Thiago Alves e Ricardo Mello entraram na chave principal do ATP de Indianápolis, EUA, que acontece no mesmo período de Stuttgart, mas é disputado em quadra rápida.

O torneio na Alemanha já teve o brasileiro Gustavo Kuerten como campeão por duas vezes, em 1998 e 2001. Saretta conseguiu entrar na chave principal, sem precisar passar pelo quali, devido a sua atual posição no ranking da ATP.

São mais duas chances para o brasileiro tentar um bom resultado, já que até agora, este ano, passou por altos e baixos na carreira. Seus resultados mais expressivos foram vitórias sobre tenistas ex-número 1 do mundo como Juan Carlos Ferrero (ATP da Costa do Sauípe) e Marat Safin (Master Series de Hamburgo).

O outro paulista, Thiago Alves (133), vai tentar a sorte no ATP de Indianápolis, que tem como atual campeão o local Robby Ginepri e distribui 40 pontos no ranking mais 75 mil dólares ao vencedor. Guga também levantou a taça desse torneio em 2000. Será mais um ATP da carreira de Alves (jogou em 2001, no Aberto do Brasil, em Salvador) que atravessa fase de pouco brilho, mas que tenta despontar. Ele está perto de garantir vaga no torneio de Newport, na semana anterior, onde precisa de apenas uma desistência.

Seu melhor resultado este ano aconteceu no Challenger de São Paulo, quando foi finalista perdendo a final para Saretta.

Outro que disputa o torneio nos EUA é Ricardo Mello (144). Ele participa de seu primeiro ATP após sua queda no ranking depois de não defender as semis do Brasil Open conquistas em 2005. Nesta temporada Mello conquistou o título no Challenger de Florianópolis e alcançou às semi em Forest Hills.