X

Rogerio Silva é campeão em Chapecó

Domingo, 04 de junho 2006 às 13:18:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O clima de Chapecó esteve toda a semana do torneio muito bom, sempre com temperaturas agradáveis, somente no último dia, domingo 04/Junho, uma chuva fina fez que a partida da grande final do torneio fosse transferida da quadra central, para a quadra coberta do Country Clube.

Mesmo assim o público esteve em grande número, se acomodando nas dependências do Country para prestigiar o último jogo do torneio.

Quem se deu bem com o Clima em Chapecó foi o paulista Rogério Silva, paulista de 22 anos, atual 469º do ranking mundial, é o campeão do I Chapecó Open de Tênis, conquistando o melhor resultado de sua carreira, além de receber uma premiação de US$ 1,300, somou mais 12 pontos no ranking internacional ao derrotar o uruguaio Martin Vilarrubi por 2 sets a 0 parciais de 6/2, 6/4, em 1h15min.

Pelo vice-campeonato, Vilarrubi recebe 8 pontos e US$ 900.

Para chegar ao título na quadra 1 do Country Clube Chapecó, Rogério Silva,cabeça de chave número 3, contou com o apoio total da torcida e precisou usar de toda a sua habilidade para superar as dificuldades trazidas pelo forte adversário. No primeiro set, Rogério sacou muito bem e dominou todo o set vencendo por 6/2. No segundo e último set, os dois tenistas confirmaram seus serviços até 4/4, foi quando o brasileiro quebrou o saque do uruguaio, e logo confirmou seu serviço para fechar em 6/4.

A campanha de Rogério no I Chapecó Open de Tênis foi a seguinte: na estréia ele venceu o brasileiro Roberto Sirotsky por 6/1 e 6/1. Na segunda rodada ele passou pelo André Miele 6/2 e 7/5. Nas quartas-de-final Rogério enfrentou Alexandre Bonatto, e quando estava 4/0 no primeiro set para Ricardo, houve o abandono de Bonatto. Na semifinal o paulista venceu o equatoriano Carlos Avellan que tinha derrotado o favorito Franco ferreiro, a vitória sobre Avellan foi por 7/5 e 6/1 e neste domingo o título veio com a vitória sobre o uruguaio Martin Vilarrubi.

O I Chapecó Open de Tênis contou com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Chapecó, Fundação Municipal de Desportos, Tecnifibre e Citroen. Contou também com o apoio do Hotel Itatiaia, Água Fonte Ijuí e Coopervil vinhos e espumantes. A organização foi da GM Sports.

Fonte: Gilmar Machado