X

Nadal comemora, mas destaca que precisa evoluir contra Djokovic

Segunda, 22 de novembro 2010 às 21:47:35 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Em 2009 Rafael Nadal saiu de Londres sem vencer um set sequer e sob muita desconfiança. Depois de três anos sem vencer, o espanhol finalmente tirou o fantasma do ATP World Finals ao bater Andy Roddick em uma dura batalha de 2h34min com parciais de 3/6 7/6 (7/5) 6/4.

"O ano passado foi duro pra mim e dessa vez não comecei bem, estava um pouco nervoso e sem ritmo, cometi muitos erros, sabia que ia ser difícil jogar bem depois de cinco semanas sem atuar", disse o número 1 do mundo que não jogavadesde meados de outubro por conta de uma tendinite no ombro (desistiu do Masters de Paris).

"Como sempre contra o Andy (Roddick) é complicado por causa de seu saque e sua agressividade. Tive um pouco de sorte no segundo set ao devolver a quebra e depois passar a jogar melhor. Estou muito feliz. Está é uma vitória muito importante pra mim", concluiu o espanhol que divide a liderança do Grupo A com Novak Djokovic, mas perde no critério de desempate do set average (Nole superou Tomas Berdych em dois sets).

A próxima partida será exatamente contra Djokovic na quarta-feira e Nadal sabe que precisa melhorar: "Contra Roddick será o jogo mais difícil, preciso jogar melhor pra ter chances. Tenho um dia pra descansar e ter melhores sensações".