X

Djokovic brinca com a mão de Deus de Maradona e desafia argentino

Segunda, 22 de novembro 2010 às 17:09:55 AMT

Link Curto:

Novak Djokovic - Dubai 10 III
O sérvio Novak Djokovic, número 3 do mundo, logo após derrotar o tcheco Tomas Berdych, na estreia do ATP Finals, com um duplo 6/3, agradeceu ainda na quadra a presença na plateia de um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, o argentino Diego Armando Maradona.

Aos 50 anos, Maradona já havia assistido o último duelo da rodada de ontem, quando o suíço Roger Federer, vice-líder do ranking, estreou com vitória convincente para cima do espanhol David Ferrer, por dois sets a zero, com parciais de 6/1 6/4.

O tenista de Belgrado fez questão de aplaudir o argentino, que, no momento que teve seu nome anunciado na Arena O2, em Londres, recebeu um misto de aplausos e vaias. Isso porque Maradona foi o responsável por fazer o polêmico gol de mão diante dos ingleses na Copa do Mundo de 1986.

''Obrigado por ter vindo'', disse Djokovic em quadra. ''É uma grande honra ter você por perto. Quando ele entrou no meio do primeiro set, eu me perguntava se deveria jogar com as pernas ou com as mãos'', brincou o sérvio, provocando risos do público local.

''Ele é uma imagem que é reconhecida em todo o mundo. É uma lenda grande e tem sido um grande prazer conhecê-lo depois de muitos anos trocando presentes, raquetes e camisas. Me sinto orgulhoso em ver pessoas importantes como ele passando horas em uma quadra assistindo minha partida, acrescentou.

Djokovic ainda aproveitou a situação para fazer mais uma de suas brincadeiras, dizendo que Maradona estava ali em Londres porque era seu mais novo treinador. Ele ainda disse que pretende jogar um pouco de futebol e tênis com o campeão do mundo.

''Maradona me ajuda a treinar as bolas altas com as mãos. Todo mundo se lembra da mão de Deus'', comentou Djokovic, que ainda falou do duelo que terá contra o argentino. ''Ele vai passar no meu treino, na terça-feira, para me dar umas dicas '', concluiu.