X

Soderling salva 3 match-points e vence duelo incrível com Llodra

Sábado, 13 de novembro 2010 às 14:05:30 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
As emoções estiveram à flor da pele no Palácio de Bercy na primeira partida semifinal do Masters 1000 de Paris (França) neste sábado. Robin Soderling, número 5 do mundo, venceu o francês Michael Llodra, 34º colocado, por 2 sets a 1 com parciais de 6/7 (7/0) 7/5 7/6 (8/6) após 2h49min.

Leia Também:
Soderling ressalta mental e quer o título.Llodra decepcionado

Soderling, vice-campeão de Roland Garros, precisou salvar três match-points em um jogo com alto nível técnico e cheio de alternativas e chances para os dois lados.

Llodra fez um primeiro set impecável tanto no saque como nos voleios. Tanto ele como Soderling não tiveram chances de quebra, apenas um 15/30 cada e o tie-break foi decisivo. O sueco começou mal com erro e Llodra abriu 3 a 0 e então foi pra cima. Se aproveitou do baixo aproveitamento de primeiro saque do rival (41% em todo o set) pra grudar narede e fazer 5 a0 até concluir com seu sétimo ace por 7/6 (7/0) em 43 minutos.

O equilíbrio continuou na segunda etapa, mas os tenistas tiveram mais chances. No segundo e terceiro games cada um teve oportunidades não confirmadas pelo saque de ambos. No fim do set, Llodra teve um 15/30 e ficou a dois pontos do jogo, mas Soderling disparou dois aces e um bom voleio. O game parece ter dado confiança para Soderling que encaixou winner de devolução e outra bola vencedora para obter a quebra. Com 6/5 ele serviu pra parcial, titubeou ao perder três set-points com equívocos, mas definiu com revés pra fora do tenistada casa: 7/5 em 56 minutos.

Soderling embalou e largou a parcial final muito firme na linha de base e no saque. Ele conseguiu uma quebra no primeiro game e com 93% de primeiro serviço abriu 4/2 caminhando para a vitória. Mas eis que Llodra ressurgiu das cinzas, ergueu a cabeça e devolveu a quebra com lindos voleios. O jogo então ganhou contornos dramáticos. Soderling sacou em 5/6 muito pressionando, cometeu erros quando tinha a vantagem a favor, mas salvou três match-points com muita coragem. Em uma dessas chances Michael lamentou demais com um erro de passada fácil com a quadra toda aberta. O jogo então se encaminhou ao tie-break. Soderling, mais seguro, fez 5 a 2. Tudo definido ? Ainda não. Um erro grotesco no fundo recolocou Llodra na partida com 5 a 5. Então Soderling teve sua primeirachance com o 6 a 5, masbelos voleios de Llodra igualaram o jogo. Todavia, com 7 a 6, o nórdico encaixou winner e encerrou a batalha de Bercy por 7/6 (8/6).

Soderling venceu seu primeiro de três jogos contra o rival e disputará neste domingo sua primeira final nível Masters 1000 na carreira após parar duas vezes em semis nos torneios de Miami e Indian Wells neste ano.

Seu adversário será o francês Gael Monfils, 14º colocado, que derrubou Roger Federer após salvar cinco match-points com parciais de 7/6 (9/7) 6/7 (7/1) 7/6 (7/4) após 2h41min. O retrospecto mostra Soderling com 2 a 0. Ele venceu a última na semana passada em Valência (Espanha) em dois sets.