X

Capitã americana da Fed Cup parabeniza coragem do time

Segunda, 08 de novembro 2010 às 13:07:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A capitã da equipe da Fed Cup dos Estados Unidos, Mary Joe Fernandez, não faltou elogios ao seu jovem time. As norteamericanas perderam ontem na final do torneio para a Itália, lideradas por Flavia Pennetta e Francesca Schiavone, em San Diego, por 3 a 1.

“Todas nós sabíamos que tínhamos que jogar o melhor do nosso melhor para termos uma chance de ganhar o confronto”, desabafou Fernandez aos repórteres após a vitória de Pennetta sobre a número 114 do mundo Coco Vandeweghe por 6-1 6-2.

“Nós jogamos contra um time muito sólido e com muita experiência, variedade e confiança. Nós definitivamente sabíamos que tínhamos que jogar perto da perfeição e a Melanie (Oudin) fez isso hoje”, afirmou a capitã sobre a jovem americana de 19 anos.

Oudin derrotou a atual campeã de Roland Garros, e número 7 do ranking mundial, Francesca Schiavone por 6-3 6-1. Oudin entrou para substituir Bethanie Mattek-Sands, quarta melhor rankeada jogadora americana, no último segundo, que estava sofrendo de câimbras na perna e sinusite.

A ausência das irmãs Williams prejudicaram fortemente as chances dos Estados Unidos de levar o título. As americanas não levantam a taça da Fed Cup desde 2000. Fernandez, porém, sentiu que o futuro americano ficou em boas mãos com o seu time jovem, mas inexperiente.

“São essas jogadoras que vão estar jogando pelos Estados Unidos pelos próximos 5, 10 anos. Venus e Serena estão no fim de suas carreiras”, Fernandez disse. “Uma tem 30 anos, outra tem 29. Espero que elas joguem por nós por um pouco mais tempo mas essa que é a próxima geração.”