X

Mello vence batalha e Brasil fica perto do Grupo Mundial

Sexta, 17 de setembro 2010 às 12:25:48 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Depois de Thomaz Bellucci vencer batalha de 4h2m8n, Ricardo Mello, 75º do mundo, também enfrentou uma maratona de cinco sets e garantiu o 2º ponto do Brasil no duelo contra Índia nos Playoffs do Grupo Mundial em Chennai (Índia). O Brasil faz 2 a 0 e só precisa de uma vitória para voltar à elite.

O Brasil faz 2 a 0 e só precisa de uma vitória para voltar à elite, algo que não acontece desde 2003 quando perdemos para a Suécia na primeira rodada do Grupo Mundial e nos Playoffs para o Canadá. Desde então vivemos dois anos de boicote dos principais jogadores e desde 2006 batemos na trave na repescagem.

Mello, número 2 do país e 75º do mundo, necessitou de 4h12min para derrubar o primeiro indiano, Somdev Devvarman, por 3 sets a 2 com parciais de 4/6 6/2 6/7 (7/3) 6/2 6/4.

O campineiro de 29 anos venceu sua oitava partida em 12 jogos de Copa Davis, competição pelo qual não participava desde a eliminação nos Playoffs de 2007 contra a Áustria em Innsbruck.

Neste sábado, Marcelo Melo e Bruno Soares tem a chance de classificar o Brasil, mas não são favoritos contra Mahesh Bhupathi e Leander Paes.

O jogo

Mello começou o jogo de forma sonolenta e com vários erros permitiu 12 pontos seguidos do rival que fez 3/0 com duas quebras. O brasileiro esboçou uma reação. Com devolução funda conseguiu uma quebra e encostou. O jogo então equilibrou,maso tenista da casa segurou o saque para fechar por 6/4 em 46 minutos.

Mostrando-se mais firme na linha de base,o brasileiro passou a dominar o encontro e se colocou com 3/0. Ele bobeou, permitiu a reação do rival, mas tornou a quebrar para abrir 5/2 e apertando na respostaquebrou novamente marcando 6/2 em 39 minutos.

O campineiro vacilou no primeiro game e teve o saque quebrado. Ele não conseguiu produzir nenhuma oportunidade parao empate atéo décimo quando devolveu a desvantagem e virou para 6/5. O jogo foi ao tie-break. Mello tentou ser agressivo, mas cometeu erros bobos diante de um oponente consistente e acabou sucumbindo por 7/6 (7/3) após1h07min com lindos voleios de Devvarman.

Na quarta etapa Mello pressionou sempre o serviço do oponente. Teve dois breaks no primeiro game, não quebro, mas conseguiu a vantagem no terceiro e abriu 3/1. O brazuca ampliou a vantagem no game seguinte com winner no revés e marcou 5/1 para fechar por 6/2 com certa facilidade.

Na quinta parcial Mello conseguiu segurar a onda no quarto game ao salvar quatro breaks, três com erros de Somdev. No sétimo game ele obteve a quebra pressionando o rival, mas jogou mal e com erros erros cedeu o empate. Todavia no seguinte, Ricardinho foi pra cima e conquistou nova quebra forando o erro de Devvarman e dessavez não deu sopa pro azar fechando por 6/4.