X

Federer é testado, mas vence e terá revanche contra Soderling

Terça, 07 de setembro 2010 às 00:07:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Roger Federer pela primeira vez foi pressionado, mas venceu a quarta partida no US Open, último Grand Slam do ano, e garantiu vaga nas quartas de final. O número dois do mundo enfrentará o sueco Robin Soderling, quintocolocado, tentando a revanche da derrota de Roland Garros.

Leia Também:
Federer ciente do perigo que é Soderling
Soderling: 'Será difícil, mas sei como devo jogar contra o Federer'
Blog - Federer com vingança encaminhada

O número dois do mundo precisou de 2h02min para derrotar o austríaco Jurgen Melzer, 15º colocado, por 3 sets a 0 com parciais de 6/3 7/6 (7/4) 6/3 neste que foi o segundo duelo entre os dois - Federer venceu o primeiro em Wimbledon este ano também em sets diretos.

O suíço dono de cinco títulos no Aberto dos Estados Unidos repetirá as quartas de final do ano passado contra Soderling quando levou a melhor em quatro sets. Mas o natural da Basileia tem o oponente engasgado na garganta após ser derrotado nesta fase em Roland Garros onde defendia o troféu e por consequência perdeu a liderança do ranking para Rafael Nadal.

No total são 13 jogos e 12 vitórias do suíço.

O jogo

Apesar do placar aparentar facilidade, pela primeira vez Roger foi testado no torneio após vencer os três primeiros jogos sem sustos.

Ele teve que salvar dez break-points, sete deles na última etapa, e precisou de muita sorte para vencer o tie-break na segunda etapa.

Com 13 winners e apenas 4 erros não-forçados, Federer fez um ótimo primeiro set em que liquidou por 6/3 em apenas 27 minutos. Ele abriu 4/1 após aproveitar a quarta chance de quebra. Em seguida, o austríaco foi pra cima e pressionando na devolução devolveu a desvantagem. Mas a alegria dele durou pouco. Com ótima passada Roger voltou a quebrar e definiu a parcial.

A segunda parcial foi bem diferente. Melzer foi pra cima, acelerou o jogo, buscou à rede e finalizou rapidamente os pontos. Ele chegou a ter dois breaks no segundo game, mas Federer se safou. O duelo foi ao tie-break quando a sorte apareceu pro suíço. Ele largou com uma bola que bateu na fita e depois no 4 a 4 outra bem parecida lhe deu uma miniquebra. No ponto seguinte o austríaco tentou lob, mas saiu por pouco e Federer definiu com winner e vibrou com seu tradicional "Come On" ("Vamos" em inglês): 7/6 (7/4) após 54 minutos.

Na etapa final Melzer manteve a postura agressiva e largou com uma quebra forçando erro do rival. Mas Federer não deixou por menos, tratou de virar para 2/1. Melzer então começou a ter muitas chances. Foram sete breaks nos games seguintes, alguns salvos com êxito nos golpes de Roger e outros com erros seus. Federer então conseguiu uma quebra decisiva, abriu 5/3 e finalizou com uma finta espetacular junto à rede: 6/3.